FANDOM


Para ver o equivalente da Terra-X, veja Leo Snart.
Leonard Snart
Civil - Capitão Frio

Leonard Snart

Informação
Ocupações Criminoso
Membro das Lendas (anteriormente)
Membro da Legião do Mal (anteriormente)
Estado atual Falecido
Família Lewis Snart (pai; falecido)
Sem nome (mãe)
Lisa Snart (irmã)
Sem nome (avô)
Intérprete Wentworth Miller
Trestyn Zradicka (jovem)
Alter ego Capitão Frio
Fonte

Leonard Snart (nascido em 2 de junho de 1972 - morreu no Ponto de Fuga), apelidado de Capitão Frio por Cisco Ramon (ou simplesmente Frio) foi um ladrão de classe mundial de Central City. Ele também é o irmão mais velho de Lisa Snart e filho do falecido Lewis Snart.

Em 2014, após o aparecimento de Barry Allen/The Flash, que começou a colocar em risco seus assaltos com seus heróis, Leonard procurou eliminá-lo. Adquirindo a arma fria ele teve encontros freqüentes com o Flash, junto com seu parceiro Mick Rory/Onda Térmica. Em 2015, Snart e Barry chegaram a uma trégua onde Barry deixaria Snart continuar seus assaltos, contanto que ele não matasse ninguém no processo e não expusesse sua identidade a ninguém, e se tornasse um aliado ocasional dele.

No início de 2016, Snart e Mick foram recrutados por Rip Hunter para as Lendas, uma equipe de super-heróis que viajava no tempo dedicada a caçar Vandal Savage e evitar sua insurreição em 2166. Sendo considerado "supervilões", ele e Mick eram vistos como párias. Embora ambos tenham se juntado inicialmente para explorar as potencialidades da viagem no tempo, Snart passou a ser genuíno sobre a causa, e genuinamente fez amizade com as Lendas. Ele também se tornou íntimo com Sara Lance/Canário Branco e desenvolveu um interesse romântico nela. No entanto, a mudança de coração de Snart levou a uma queda entre ele e Mick. Após a traição de Mick da equipe, aliando-se a piratas do tempo para se salvar, Snart foi forçado a abandoná-lo no tempo, o que indiretamente o levou a se tornar Chronos. Depois de conversar com Mick, eles continuaram a missão com as Lendas juntos. Quando as Lendas estavam em perigo de serem mortas pelos Mestres do Tempo no Ponto de Fuga, depois de saber que estavam em aliança com Savage, Snart se sacrificou para salvar seus amigos e destruir os Mestres do Tempo, acabando com a corrupção deles. Ele também compartilhou um beijo com Sara antes de se sacrificar. A morte de Leonard foi vingada quando as lendas finalmente mataram Savage.

Um ano após sua morte, uma versão mais jovem de Leonard de 2014, antes de se juntar ao Lendas, foi tirada da linha do tempo por Eobard Thawne/Flash-Reverso e recrutada na Legião do Mal para ajudar em sua missão de recuperar a Lança do Destino. Depois que Eobard Thawne foi apagado da existência, Snart foi devolvido de onde ele havia sido arrancado da história, onde Mick então apagou sua memória para manter seu lugar no tempo intacto.

Leonard foi mais tarde abordado por Barry Allen enquanto caçava Vandal Savage em 1892 na Sibéria, e trazido para 2017 para ajudá-lo a roubar uma fonte de energia alienígena. Depois que eles conseguiram, Leonard foi trazido de volta para logo depois que ele deixou a Sibéria e se separou de seu ex-inimigo como um amigo.

Biografia

Vida Anterior

Leonard acordou uma noite, foi para o primeiro andar da sua casa para beber um pouco de água. Ele conheceu uma versão mais velha de si mesmo, com o pretexto de que ele era um amigo de seu pai, que lhe deu conselhos para sempre cuidar de si mesmo. Seu pai apareceu, fazendo com que ele subisse. Dias depois, seu pai foi preso por tentar vender a Esmeralda de Maximilian, fazendo com que ele fosse enviado para a prisão por 5 anos.[1]

Quando seu pai foi preso, ele começou a descontar sua raiva sobre Leonard.[1] Sua irmã, Lisa, nasceu pouco depois. Lewis entrou para o crime, principalmente quebrando e invadindo, levando seu filho junto para que ele pudesse ajudá-lo a desativar os sistemas de segurança durante os assaltos. Algum tempo depois, Lewis foi preso. O avô de Leonard levou ele e sua irmã para jantar em frente ao Departamento de Polícia no Motorcar. Snart continuou indo lá por toda sua vida para ouvir o rádio da polícia e aprender os seus tempos de resposta. Leonard foi usado por Lewis em roubos pois o filho podia acessar espaços pequenos, aprendendo a reprogramar sistemas de segurança por causa disso.[2] Ele abandonou a escola e, eventualmente, se tornou um ladrão de bancos, montando uma equipe. A cada seis meses, ele chegava em Central City para trabalhar em um roubo por algumas semanas, e desaparecia depois de roubar o seu alvo. Ele se tornou um dos mais procurados de Central City. Ele trabalhou em um serviço com Mick Rory, que terminou mal para o último, e Snart terminou a parceria entre os dois.[3]

Elevando o Jogo

Roubo do Diamante da Dinastia Kahndaq

Snart roubando

Tentativa de assalto de Snart frustado pelo Flash

Em 2014, Snart, juntamente com sua equipe, tentaram roubar um carro blindado, a fim de roubar o Diamante da Dinastia Kahndaq que estava em exposição no Museu de Central City. Eles pararam o carro blindado ligando-o em um caminhão de reboque. Depois de pegar os guardas como reféns, Snart abriu a porta do carro blindado usando nitrogênio líquido sobre ele, pouco tempo depois o Flash chegou ao local. O Flash rapidamente derrubou os ladrões, fazendo Snart baixar a máscara e expor o rosto para o meta humano. Um dos seguranças foi baleado no ombro por um dos homens de Snart, forçando o Flash á levá-lo a um hospital e Snart e sua equipe escaparam.[3]

De volta a sua base de operações, Snart olhava as imagens do assalto, enquanto seus homens discutiam sobre o que era o Flash, com um deles afirmando que talvez fosse um drone secreto. Snart explicou que eles atacaram um alvo em movimento e o tempo de resposta da polícia foi uma centena de 82 segundos depois que o carro blindado relatou o roubo, ao contrário dos 60 segundos com os bancos. Ele repreendeu o homem que atirou no guarda por "perder a calma" quando o Flash chegou. Quando o homem disse que estava saindo, Snart atirou nas costas dele. Ele alegou que o Flash era um homem, e que eles precisavam "elevar o jogo".[3]

Snart cold gun

Snart matou Nurblin após adquirir a arma de gelo

Snart mais tarde se reuniu com o traficante de armas Basil Nurblin. Nurblin ofereceu a Snart uma arma de fogo, mas Snart recusou, dizendo que "ele não tinha necessidade de esquentar as coisas, mas diminui-los". Em seguida, Snart olhou para a arma roubada dos Laboratórios S.T.A.R. que emitiam uma substância fria e um óculos destinado a proteger contra o brilho causado pela arma. Snart perguntou a Nurblin quem mais sabia que ele tinha roubado a arma, e quando Nurblin respondeu que eles eram os únicos, Snart atirou e matou com sua nova arma.[3]

Depois de obter a arma fria, Snart foi para o Museu de Central City para observar a segurança em torno do diamante que tinha tentando roubar mais cedo. Ao fazer o tour duas vezes, ele deixou o proprietário do Museu, Dexter Myles, desconfiado, que contatou o detetive Joe West, que seguiu Snart depois de sair do museu. Quando o detetive o alcançou ele, Snart usou a arma fria para congelar a estrada debaixo de um carro da policia, e fugiu para um teatro nas proximidades, o carro bateu. No interior, Snart atirou no detetive West, mas o Flash conseguiu chegar a tempo para salvar o detetive. Snart em seguida, começou a atirar contra os civis próximos, forçando o Flash a salvá-los, como um teste. O Flash conseguiu salvar quase todos, mas não conseguiu chegar a tempo para salvar o segurança do teatro. Snart saiu do local quando o Flash tava distraído com a morte do segurança.[3]

Snart train

Snart tinha o Flash na mira da arma

Voltando à sua base, Snart disse a seus dois homens que voltariam ao museu para roubar o diamante naquela noite. Quando seus homens protestaram, alegando que o museu estaria cheio de policiais e o Flash, Snart respondeu que sua arma fria poderia parar o Flash e ele sabia a verdadeira fraqueza do Flash. Seu homens se revoltaram e apontaram a arma para sua cabeça. Ele saíram, dizendo que Central City não era mais o playground de Snart agora que o Flash estava por lá. Descordando deles, Snart foi para o museu por conta própria e usou a arma fria para entrar. Ele roubou com sucesso o diamante e foi até a Estação Ferroviária de Central City, onde ele se envolveu em um tiroteio com os Detetives West e Eddie Thawne. Snart escapous dos dois homens ao entrar em um trem, mas desta vez ele foi desafiado pelo Flash que o havia seguido usando um sinal emitido pela arma fria. Ele disse ao Flash que tinha visto a sua verdadeira fraqueza durante o roubo ao carro blindado e no teatro. Dizendo que iria salvar a si mesmo, enquanto o Flash ia salvar todos os outros, ele atirou no chão do trem com a arma fria e saltou do trem antes que ele fosse descarrilado. O Flash conseguiu tirar todos do trem, mas foi emboscado pelo Snart que atirou nele pelas costas com a arma fria. Ele agradeceu o Flash por forçá-lo a elevar o seu jogo, depois ele foi ameaçado por Cisco Ramon com o protótipo da arma fria, que na verdade era apenas um aspirador de pó com luzes LED. Quando Ramon o chamou de Capitão Frio, ele sorriu e saiu, levando o diamante com ele.[3]

Snart descobriu e desativou o sinal da sua arma. Ele se reuniu com seu antigo cúmplice Mick Rory e lhe disse que mesmo que sua parceria anterior não tenha terminado bem, as coisas tinham mudado e que ele precisava de um novo tipo de equipe. Ele ofereceu a Mick uma arma de fogo que ele havia tomado de Nurblin, e perguntou se Mick queria se juntar a ele, que aceitou.[3]

Forçando o Flash a se revelar

Mesmo com fontes como o blog da Iris West relatando várias aparições do Flash, o velocista ainda era considerado uma lenda urbana. Sabendo que o Flash traria dificuldade na sua atividade criminosa, Snart começou a tramar maneiras de fazer com que os cidadãos de Central City e do mundo soubessem da existência do Flash. Ele primeiro invadiu uma instação que mantinha valiosos carros estrangeiros, com Rory, inicialmente sob a falsa pretensão de que eles estavam lá para roubar os veículos. Eles saíram sem roubar nada depois que ficou claro que o Flash não ia aparecer.[4]

A segunda tentativa da dupla para atrair o Flash roubando a moderna pintura Fogo & Gelo, recentemente comprada pela Osgood e Rachel Rathaway ao custo de vinte e cinco milhões de dólares. O DPCC apareceram rapidamente, com os escudos modificados por Cisco Ramon e Harrison Wells, eles foram eficazes contra os ataques da arma de gelo, no entanto, não estavam preparados para o ataque de Rory. Vendo que o Flash não apareceria, Snart e Rory deixaram a cena do crime, juntamente com a obra de arte.[4]

Snart finalmente chamou a atenção do Flash quando ele e Rory sequestraram um dos parceiros do velocista: Caitlin Snow. Ela foi resgatada por Cisco e Joe West, enquanto o Flash confrontaVa o Capitão Frio e o Onda Têrmica. Com a ajuda de Eddie Thawne, o Flash derrotou a dupla fazendo eles confrontarem os fluxos das suas respectivas armas, que anularam ambas as armas e jogou os dois para trás. Os dois foram então enviados para a prisão, mas foram resgatados pela irmã de Snart, Lisa, que era parte do plano de Leonard. Ela era sua garantia.[4]

Leonard e Mick voltou para Central City com Lisa. A dupla foi capturada pelo chefe da máfia Vincent Santini, mas escaparam e mataram os guarda-costas do chefe. Snart a disse Santini que ele era o responsável antes de sair. Mais tarde, ele fez com que sua irmã atraisse Cisco para o seu esconderijo. Revelando que eles haviam capturado o irmão do Cisco, Dante Ramon, Snart forçou Cisco para que ele refizesse sua arma e a de Rory, e fazer uma terceira para sua irmã. Mais tarde, ele e Lisa atacaram um casino e encontraram o Flash, o objetivo primordial de Leonard. Snart convencido de que o Flash fosse recuar, disse que ele tinha sequestrado Cisco. De volta ao esconderijo, Leonard fez com que Cisco revelasse a identidade do flash, ameaçando a vida de Dante. Ele re-encontrou o Flash após uma tentativa de assalto e ameaçou revelar sua identidade para Central City. Barry, no entanto, convencido de Snart fosse manter sua a identidade em segredo (e parar de matar pessoas inocentes) concordou em não colocar Snart na prisão acelerador de partículas nos Laboratórios S.T.A.R.

Transportando os Metas

Depois de saber que os meta-humanos morreriam por causa da reativação do acelerador de partículas causado por Eobard Thawne, Barry contatou Leonard para se encontrarem no Santos e Pecadores e fez um acordo com ele; Leonard concordou em ajudá-lo, com a condinção de que Barry teria que destruir cada pedaço de evidência sobre Leonard no DPCC. Leonard também levou a sua irmã Lisa para ajudar com o trabalho. Quando chegaram no aeródromo de Coast City, Leonard atravessou o acordo, ficando a função do Mark Mardon/Mago do Tempo de destruir o avião que iria transportá-los para Lian Yu, em seguida, todos as meta-humanos tentaram destruir o Flash. Quando Jake Simmons/Raio Mortal estava prestes a matar o Flash, Leonard usou a sua arma de gelo para matar Jake, alegando que ele lhe devia dinheiro. Leonard deixou Mark e Roy Bivolo/Ladrão de Arco íris irem e disse ao Flash que os meta-humanos agora lhe devia, juntando sua "Galeria de Vilões" e, em seguida, foi embora com Lisa em sua motocicleta.[5]

Sendo forçado pelo seu pai e prisão

Durante um assalto, Leonard foi seqüestrado pelo seu pai, enquanto sua irmã foi injetada com uma micro-bomba termite especialmente projetado. Quando o Flash veio para resgatá-lo, Leonard disse que ele não precisa ser salvo. O Flash disse a Leonard que sua irmã disse que ele precisava de ajuda, mas Leonard disparou sua arma de gelo em Barry. Leonard, em seguida, apresenta o seu pai para Barry. Mais tarde, Leonard foi abordado por Barry, que ofereceu ajuda novamente. Barry disse que Leonard podia ser um criminoso porém tinha um código de honra, mas seu pai não parecia viver sob um código. Ele acrescentou que ele derrubaria Leonard, e Leonard lembrou Barry que ele poderia revelar seu segredo. Durante o planejamento de um assalto, Leonard argumentou que Lewis parou no tempo. Quando Davi Rutenberg disse que Leonard calasse a boca, Lewis matou David. Barry, em seguida, se ofereceu para ser o novo cara da tecnologia, "Sam", e Leonard deu aval para ele. Quando eles chegaram na cena do crime, Leonard percebeu que ele estava certo sobre o tempo de seu pai estar fora. Os dois brevemente argumentaram enquanto o Flash subjugado os guardas. Depois de "Sam" rachou o código de segurança, Lewis tiro Barry, e Leonard mostrou remorso por Barry. Quando eles chegaram ao vault, Leonard congelou os lasers. Leonard disse ao pai que só tinha 125 segundos antes de os alarmes voltarem a funciona. O Flash os confrontou. Lewis ordenou que Leonard o matasse, mas Leonard hesitou. Após o Flash disse que Lisa estava segura, Leonard imediatamente atirou e matou seu pai. Leonard foi então levado para Iron Heights. Barry o visitou e disse que ele pode ser um criminoso, mas ainda havia uma luz nele.[6]

Snart foi libertado quando Mark Mardon invadiu a cadeia e o libertou, e James Jesse propôs uma aliança entre os três para matar o Flash uma vez por todas. No entanto Snart não estava interessado nos plano de Mardon e desistiu. Mais tarde, ele foi para a casa dos West e advertiu Barry de Mardon e os planos de Jesse, mas se recusou a compartilhar mais informações.[7]

Recrutado por Rip Hunter

Snart & seu parceiro Mick Rory realizaram um assalto e na sua fuga em uma mini-van foram interceptados por Rip Hunter, que os levou a Star City ao lado dos outros heróis.

Futuro

Em um possível futuro, Leonard pode ser visto lutando ao lado do Flash, Ray Palmer e Sara Lance contra um adversário metálico desconhecido. Barry teve um vislumbre deste ao viajar através da Força de Aceleração.

Personalidade

Snart é um homem cruel que exala um temperamento calmo e refrigeração, nunca perder a paciência ou demonstra emoções. Apesar de nunca ter concluído o ensino médio, ele é inteligente e paciente, demarcando um trabalho por meses antes de fazer o seu movimento, enfatizando tempo, precisão e minimizando possíveis pistas sobre ele e suas atividades por se recusar a matar a menos que necessário. Ele também era inteligente o suficiente para deduzir que o que parou seu trabalho no carro blindado foi de fato um homem, e que ele precisaria de uma arma para deter Barry, escolhendo a arma fria, por isso mesmo. Snart tem, no entanto começou a deleitar-se com o poder de sua arma recém-descoberta, e suas batalhas com Flash começaram a alterar suas percepções de como funciona o trabalho.

Apesar de seu estilo de vida assumidamente criminal, Snart se vê e declara-se como um homem de palavra.

Habilidades

  • Análise tática: Snart é altamente inteligente, planejando cada detalhe de seus assaltos, até o último segundo. Ele também possuía astúcia suficiente para atualizar seus métodos, sabendo que não poderia derrotar o Flash por conta própria, sem ajuda. Sua habilidade foi tão alta, ele foi capaz de derrotar Barry Allen duas vezes, apesar de ser apenas um ser humano normal.
  • Ladrão Especialista: Ao longo dos anos de experiência criminal, Snart dominou a arte de roubos, assaltos á carro blindado, roubo de joia e assalto a banco.
  • Boa Pontaria: Snart tem a habilidade de atirar no Flash com uma explosão da sua pistola congelante, apesar da velocidade sobre-humana.

Equipamentos

  • Arma de Gelo: Pode gerar um feixe de temperatura do zero absoluto, congelando tudo o que toca e criar objetos sólidos de gelo. Ele também pode desacelerar o movimento das moléculas do Flash, retardando sua cura acelerada e reduzir drasticamente a sua velocidade. Ele também emite flashes brancos brilhantes.
  • Óculos de segurança: Snart também usa um par de óculos envolventes azuis, que são projetados para protege os olhos dos flashes emitidos por sua arma fria.

Aparições

Flash

Primeira Temporada

Galeria

Imagens promocionais

Flash

Primeira temporada

DC's Legends of Tomorrow

Primeira temporada

Referências

  1. 1,0 1,1 "Blood Ties"
  2. "Piloto, Parte 2"
  3. 3,0 3,1 3,2 3,3 3,4 3,5 3,6 "Ficando Rouge"
  4. 4,0 4,1 4,2 "A Vingança dos Ladrões"
  5. "Acerto de Contas"
  6. "A Família de Rogues"
  7. "Running to Stand Still"